Com o início de 2020 é esperado que surjam novas tendências tecnológicas e muita movimentação no setor automotivo, principalmente para carros elétricos. O número desse tipo de veículos cresceu 54% de 2017 para 2019. Somente no ano passado , eles somaram 5,6 milhões em todo o mundo – um aumento de 64% em relação ao ano anterior.

 

Neste novo ano, podemos esperar novos modelos de veículos elétricos, assim como o aumento de algumas tendências tecnológicas, como a condução autônoma e o melhoramento das baterias e sua otimização de carregamento. O uso de energia solar para carros, a atualização de softwares e um grande avanço na construção de aviões elétricos também estão nas projeções.

 

A seguir, vamos tratar sobre as 7 tendências tecnológicas de maior potencial de 2020, segundo o portal alemão Ingenieur.de.

 

  1. Condução autônoma

 

A condução autônoma fez progressos consideráveis ​​nos últimos anos. Grandes fabricantes, como Toyota, Tesla e Peugeot, investiram muito esforço e dinheiro nessa tecnologia para otimizá-la cada vez mais e torná-la realidade em um futuro próximo. Portanto, não surpreende que ela seja uma tendência tecnológica com grande potencial em 2020. Os avanços tecnológicos não devem apenas tornar a direção autônoma muito mais segura para os passageiros, mas também significativamente mais confortáveis. Em 2018, as empresas Baidu e Volvo decidiram que uniriam forças e promoveriam a condução autônoma na China em larga escala. Além disso, muitos outros fabricantes de automóveis, como Audi e Mercedes, por exemplo, estão trabalhando continuamente em direção autônoma. Em 2020, o mercado que envolve a tecnologia deverá crescer, com vendas estimadas de cerca de 51 mil veículos.

 

  1. Mobilidade urbana

 

Outra tendência tecnológica importante no campo da eletromobilidade é o desenvolvimento da mobilidade urbana. No futuro, o foco será nas soluções de compartilhamento de carros. Já existem alguns aplicativos móveis específicos para veículos elétricos, como “Bluecity” ou “E-Car Club”. Com esses apps, os usuários podem se beneficiar das vantagens dos veículos elétricos sem ter que investir um valor alto na aquisição de um. Também é possível alugar um deles facilmente para experimentar a tecnologia inovadora de perto. Muitas empresas acreditam que a mobilidade urbana tem um grande potencial.

 

  1. Tecnologia avançada de bateria

 

No passado, os avanços na tecnologia de baterias eram muito lentos para a maioria das indústrias e, especialmente, para veículos elétricos. A melhoria constante na química das células, no material dos ânodos e cátodos e nos processos lucrativos de fabricação devem reduzir, anualmente, os custos da bateria em 6 a 8%. Há alguns anos, as melhorias excederam as expectativas e isso permitiu que as células de bateria de grande porte fossem produzidas a um preço inferior a US$ 145 por quilowatt-hora. Essa tendência positiva continuará em 2020, podendo ser um ano extremamente importante para a tecnologia de baterias. Além disso, já existem algumas alternativas para a tecnologia comum de íons de lítio. Células a combustível de óxido sólido miniaturizadas e microcapacitores.

 

  1. Tecnologia de carregamento otimizada

 

Melhorar a tecnologia de carregamento existente será um dos objetivos mais importantes no campo da eletromobilidade em 2020. A maioria dos consumidores é limitada no alcance de seus veículos elétricos devido à sua capacidade. Além disso, os veículos elétricos de longa distância são muito mais ecológicos, mas não tão confortáveis ​​quanto os outros. No futuro, os motoristas não terão que esperar longos períodos enquanto carregam a bateria dos veículos a cada 2 ou 3 horas. Os fabricantes desejam resolver ou, pelo menos, aliviar o problema, disponibilizando estações de carregamento rápido em todo o mundo. Com o lançamento global de estações de carregamento adicionais, a Tesla já fez um grande progresso nessa área. Em 2018, a Porsche anunciou que havia desenvolvido uma nova tecnologia de carregamento que reduz o tempo de carregamento para um máximo de 15 minutos. Outras empresas, como Audi e General Motors, também estão trabalhando em soluções para essa finalidade.

 

  1. Carros movidos a energia solar

 

Outra tendência tecnológica extremamente interessante são os veículos movidos a energia solar. Muitos fabricantes de automóveis trabalham há muito tempo para tornar os carros solares uma realidade no futuro. Com isso, a bateria do carro pode ser carregada durante a condução, o que seria uma grande vantagem sobre os veículos elétricos convencionais. Alguns protótipos interessantes estão sendo testados atualmente. Existem também algumas empresas que desejam desenvolver híbridos movidos a energia solar. Se as empresas tiverem sucesso, o mercado global de veículos elétricos movidos a energia solar poderá sofrer uma grande recuperação em 2020. Especialistas estimam que a ordem de magnitude seja de US $ 1 bilhão. Infelizmente, os modelos que, até então, estavam próximos da produção em série são muito caros. Um dos exemplos é o veículo de longa distância movido a energia solar chamado “Lightyear One” que custa mais de US$ 100 mil.

 

  1. Atualizações de software

 

Melhorias e inovações no setor de software serão, definitivamente, outra tendência tecnológica em 2020. O foco estará na operação, na conectividade, na segurança dos sistemas de informação e no entretenimento em veículos elétricos. Tendo em vista uma condução autônoma mais segura sem possibilidade de acidentes, a conectividade aprimorada será de importância crucial. Devido às larguras de banda mais altas, vídeos com alta resolução de 3K a 4K podem ser reproduzidos em tempo real nos veículos elétricos.

 

  1. Aviões elétricos

 

Com os grandes avanços da eletromobilidade, a tendência é que a produção de aeronaves elétricas se tornem cada vez mais viáveis ​​nos próximos anos. Algum progresso considerável pode ser esperado já em 2020. Grandes operadores, novas empresas iniciantes, vários fabricantes e até a NASA já estão lidando extensivamente com o assunto. Algumas empresas, como a EasyJet, acreditam que os aviões elétricos podem se tornar realidade nos próximos 10 a 12 anos.

A empresa americana “Wright Electric” quer tornar as aeronaves elétricas o padrão para viagens aéreas no Oriente Médio nos próximos 20 anos. Já a israelense “Eviation” apresentou, recentemente, um protótipo de um avião elétrico de passageiros. Segundo um porta-voz da empresa, a primeira aeronave elétrica do mundo poderá transportar um máximo de nove passageiros, por uma distância de até mil quilômetros e será lançada em 2022.

 

Os saltos tecnológicos – especialmente aqueles iniciados digitalmente no campo de sistemas autônomos e inteligência artificial (IA) – estão virando o mundo em que vivemos e trabalhamos de cabeça para baixo. Cenários futuros realistas registram mudanças extensas para a maioria dos setores e perfis de trabalho. A transformação digital oferece às empresas, aos funcionários e à sociedade uma variedade de perspectivas e oportunidades.

 

Para participar de discussões que envolvem esses e outros temas relacionados ao progresso tecnológico, faça parte dos nossos clusters – grupos, organizados pela VDI-Brasil, com membros de grandes instituições que se encontram, periodicamente, para tratar sobre assuntos relevantes. Saiba mais em https://www.vdibrasil.com/vdi-clusters/

Compartilhe isso:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin