No modo de produção da Indústria 4.0, as empresas e a sociedade demandam um novo profissional de engenharia. Em um contexto de inovações contínuas em Inteligência Artificial e Machine Learning, e de anunciada superação das capacidades individuais pelas máquinas, como vencer o desafio de se manter inovador? Em quais aspectos o engenheiro deve se desenvolver?

No terceiro vídeo de nossa série “Papo de Engenheiro”, Erwin Franieck, que atua na área de desenvolvimento de novos produtos da Bosch há 32 anos, traz reflexões e apontamentos sobre o que se espera do engenheiro que fará a diferença no futuro.

Graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com MBA em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral, Franieck tem em seu currículo a participação em projetos de destaque na indústria automotiva, como o do Sistema Flex Fuel e o da bomba de combustível flex.

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre como ser um engenheiro 4.0!

E por falar nas competências e habilidades essenciais para o profissional do futuro, que tal participar do 8º Simpósio Internacional de Excelência em Produção – “Big Data Brasil – Digitalizando Competitividade”? Realizado pela VDI-Brasil, o evento será no dia 24 de abril, em São Paulo, durante a Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos – FEIMEC 2018. Participe!

 

Compartilhe isso:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin