14 de março de 2017
Quanto vale a experiência de um engenheiro

A engenharia é uma área de conhecimento tão ampla quanto diversificada, dispondo de direcionamentos que colocam o engenheiro formado diante do mercado em que ele deseja se desenvolver.

A experiência de um engenheiro no seu ramo de atuação, inclusive, é crucial. Afinal de contas, engenheiros experientes possuem uma bagagem acumulada que os coloca em evidência e os torna aptos a solucionarem questões de uma forma que só com essa combinação de fatores conseguiram resolver.

Pensando nisso, nós reunimos as fases do ciclo de vida profissional de um engenheiro! Assim, é possível fazer com que novas oportunidades para engenheiros sejam desenhadas, independentemente da etapa em que ele se encontrar. O que também ajuda a desmistificar a profissão. Confira!

O ciclo profissional dos engenheiros experientes

Independentemente de sua área de especialização, todo engenheiro passa por esse ciclo profissional, que nada mais é do que a transição por essa gratificante jornada que é a engenharia. E a primeira etapa é, simplesmente, o início desse caminho.

Início

É a escolha pelo curso que irá moldar toda a base teórica elementar do profissional que você será. Aqui, concentram-se todos os semestres trilhados até a conclusão do curso, onde se abrem novas oportunidades para engenheiros em sua jornada profissional.

Vale acrescentar que, embora a estrutura teórica seja apresentada ao futuro engenheiro nesta etapa, a engenharia é uma área que demanda o contínuo aperfeiçoamento dos conhecimentos.

Consequentemente, estagnar a curiosidade e o interesse no desenvolvimento significa desacelerar a evolução de cada etapa do seu ciclo profissional.

Desenvolvimento

Momento em que o profissional está em busca do seu espaço, no concorrido mercado, e começa a aprofundar os seus conhecimentos e técnicas na área em que ele realmente pretende seguir o seu caminho.

É, ainda, um momento de aprendizado, mas de escolhas fundamentais para moldar o profissional que ele deseja ser.

Plenitude

É o cumprimento de um objetivo – que pode ser secundário ou o primário – que posiciona os engenheiros experientes no exato local em que eles desejam.

Uma privilegiada posição que vem com a construção de:

  • Dedicação à profissão;
  • O aperfeiçoamento contínuo;
  • A participação em feiras e eventos de sua área de atuação;
  • O trabalho de networking dentro e fora de sua empresa.

A plenitude, entretanto, não é o fim da jornada dos engenheiros experientes. Afinal de contas, é hora de se reinventar e fazer bom uso dessa experiência acumulada.

Reinvenção

A maturidade profissional é o resultado de todas as qualidades que mencionamos, até aqui. É nesta etapa, inclusive, que o engenheiro formado há anos já sabe como se posicionar, no mercado, e também como lidar com a maioria das situações.

É nesta etapa, inclusive, que os engenheiros experientes podem colocar em prática esse aprendizado que não se pesa ou mede, mas que o acompanha por toda a carreira. Assim, ele pode exercer atividades variadas, como: 

  • Mentor;
  • Trilhar a carreira acadêmica;
  • Tornar-se palestrante;
  • Ser o epicentro de conversas sobre o setor em grupos de discussão;
  • Ser um voluntário em programas sociais, colocando o seu conhecimento em prol de alguma causa humanitária;
  • Marcar presença em eventos e associações, compartilhando a sua experiência.

Pode ser, também, o momento de ingressar na VDI Brasil, uma associação que, desde 1956, tem trabalhado com o esclarecimento de dúvidas tecnológicas e o incentivo à cooperação entre o Brasil e a Alemanha.

Além disso, cursos, seminários e palestras sobre a área, bem como voltados à formação gerencial são ministrados para engenheiros e futuros profissionais da área. O ambiente propício para engenheiros experientes, portanto, expandir seus horizontes.

A duração dos ciclos do engenheiro formado

É importante apontar – como já havíamos adiantado – que não há uma duração específica para cada etapa do ciclo profissional de um engenheiro.

Ela transcorre naturalmente, de acordo com o empenho, dedicação e trabalho do profissional. É necessário, portanto, conhecer a si mesmo, em primeiro lugar, para avançar gradativamente em cada estagio de sua próspera carreira.

Ajude a expandir o conhecimento com a VDI Brasil

E, agora, para você que é um engenheiro formado, em busca de uma colocação no mercado – ou mesmo um veterano com ampla experiência no mercado –, que tal curtir a nossa página no Facebook e, assim, ficar sempre por dentro de todo tipo de novas oportunidades para engenheiros?