No mês de maio aconteceu o 29° Dia da Engenharia Alemã, na cidade de Düsseldorf, na Alemanha. A edição teve como tema “IA – Utilizando a Inteligência Artificial de maneira inteligente”. O evento, realizado anualmente pela VDI, reuniu mais de 1.400 pessoas, entre engenheiros, membros da indústria, da academia e do governo.

A importância econômica dos sistemas técnicos com Inteligência Artificial está em constante expansão, gerando diversas oportunidades. No entanto, a incerteza na avaliação desses sistemas têm causado receios na sociedade, na economia e na política. Com base nesse panorama, a Inteligência Artificial foi o assunto central do Dia da Engenharia Alemã.

O diretor da VDI-Alemanha, Ralph Appel, deu início ao evento ressaltando a necessidade de se enfrentar os desafios atuais como engenheiros, apontando a engenharia como uma alternativa ao “german angst”, tradicional hesitação atribuída à cultura alemã frente a novidades tecnológicas.

Na sequência, o Prof. Dr. Michael ten Hompel, diretor do Instituto Fraunhofer de Fluxo de Materiais e Logística, falou em sua palestra “Economia do Silício – Inteligência Artificial” sobre os motivos que farão com que o mundo vire de cabeça para baixo pela IA. Ele também apontou que a mídia social terá um papel significativo na interface entre homem e máquina.

Cerimônia de premiação “Lions of the VDI

Em seguida, aconteceu a cerimônia de premiação do concurso estudantil “Lions of the VDI“, realizado pela segunda vez neste ano e organizado pelos estudantes da VDI e jovens engenheiros.

A competição ocorreu, desta vez, como parte do projeto digital da VDI, para o qual os participantes desenvolveram mockups e funções concretas que criam valor agregado para um grupo-alvo de iniciantes na carreira. Nessa tarefa, os alunos e jovens engenheiros, com suas perspectivas inovadoras, contribuíram particularmente bem.

Nas duas categorias de submissão “Mockups” e “Protótipo”, havia três grupos finalistas definidos antes do evento. O júri foi constituído pelo Board da VDI, bem como representantes honorários. Os vencedores foram solenemente proclamados em uma emocionante cerimônia de premiação no Dia da Engenharia Alemã.

A submissão do primeiro lugar implementará a VDI no contexto do projeto digital. Além disso, os três principais grupos finalistas terão a oportunidade de participar de um “jantar técnico” com o diretor da VDI, Sr. Appel.

Presidente da VDI fala sobre o papel da rede

Em seu discurso plenário, o Dr. Ing. Volker Kefer, o novo presidente da VDI, defendeu que os engenheiros devem ser cada vez mais integrados aos órgãos de decisão pública. Ele descreveu o papel da rede da VDI e de suas gerações. “A juventude é inovadora. A geração mais velha é instrutora e conselheira. Somente juntos podemos implementar a IA. Não se trata mais de parar a IA – o fantasma já está fora da garrafa – é apenas sobre como moldamos e integramos o desenvolvimento de uma maneira socialmente responsável”.

Outros destaques foram os discursos de Glenn Gonzales e Maria von Zimmermann, ambos CTOs na SAP Germany, que mostravam as fórmulas de transformação digital e entretenimento, ao mesmo tempo em que desempenhavam as funções de expectativas, aceitação e emoções na aplicação, iluminados por tecnologias.

VDI-Brasil no Dia da Engenharia Alemã

O presidente da VDI-Brasil, Maurício Muramoto, e o diretor executivo, Johannes Klingberg, estiveram presentes no evento representando a VDI-Brasil. A presença de Muramoto foi registrada pelo mestre de cerimônias.

Eu fiquei muito impressionado, primeiramente, com a quantidade de pessoas presentes, inclusive com muitas personalidades internacionais que foram até a Alemanha por conta do evento, como o CEO mundial da John Deere, e também pelo alto nível dos debates. A VDI tem uma participação em toda a sociedade, não se restringe apenas ao cenário da engenharia. Isso me impactou muito“, destacou Muramoto.

Em relação ao tema abordado, o presidente da VDI-Brasil enxerga que a Alemanha possui um panorama favorável para a utilização de Inteligência Artificial no mercado B2B. “Inteligência Artificial é um tema de relevância geopolítica, pois envolve alterações na sociedade. A China, por exemplo, já está bem avançada na utilização de IA para reconhecimento facial e outras ações, isso por conta do modelo político chinês. Na Alemanha, o regulamento é mais rígido para casos públicos, fazendo com que eles direcionem os esforços para um ambiente em que possuem mais relevância: a indústria”.

O diretor-executivo da VDI-Brasil, Johannes Klingberg, complementou as considerações de Muramoto citando o papel da VDI na promoção de um tema de tamanha importância em âmbito global. “A grandiosidade do evento expressa a participação fundamental da VDI para chamar a atenção para um assunto crítico, destacando que esse é o momento de superar as barreiras e caminhar rumo à utilização de IA na indústria B2B” finalizou Klingberg.

Confira como foi o 29° Dia da Engenharia Alemã:

https://www.youtube.com/watch?time_continue=18187&v=2YkEG-G5tYQ