13 de outubro de 2021

Os conceitos e a aplicação da Indústria 4.0 mudaram toda a concepção das atividades industriais em âmbito global. Com o desenvolvimento dessa realidade industrial, surgem demandas e necessidades para sua adaptação e funcionamento pleno. As tecnologias vem provando seu potencial não somente na produtividade, como também em outra questão extremamente relevante e necessária: sustentabilidade .A sustentabilidade é tema recorrente na sociedade contemporânea. Nos mais diversos níveis esse assunto se torna presente e cada vez mais necessário de ser debatido. Diante de uma demanda tão imediata, a Organização das Nações Unidas (ONU) reuniu especialistas de todo o mundo para elaborar um plano com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS),que envolvem 17 objetivos para solucionar questões sociais e ambientais.

Os ODS representam um plano global que visa ao longo dos anos proteger o planeta e promover sociedades pacíficas e inclusivas até 2030, por meio da sustentabilidade. Esse plano visa promover da forma mais rápida possível a redução de emissões e o desperdício de resíduos do setor industrial, visto que essa ação pode mudar radicalmente o bem-estar geral da população.

Nesta atual conjuntura em que diversas entidades miram soluções sustentáveis para um futuro mais saudável, as instituições passaram a ter grande relevância em colaborar para alcançar essa meta. Os planos de sustentabilidade de uma empresa, quando bem estruturados e planejados, podem promover impacto extremamente positivo em cadeia global.

 

A sustentabilidade aplicada como alicerce da indústria

A necessidade de promoção do desenvolvimento sustentável desencadeou em diversas ferramentas o desenvolvimento de práticas com responsabilidade ecológica em âmbito industrial. Com isso, cada vez mais empresas trabalham para viabilizar e seguir esse princípio de trabalho. Uma das empresas que viabilizaram a inserção de medidas sustentáveis é a Hydac, que vem pautando suas atividades tendo a sustentabilidade como base. Evidência dessa postura consciente é a atenção que a empresa dá para reduzir consideravelmente a emissão de gás carbônico. Um dos exemplos práticos da empresa é a linha de filtros RFB Compact, que geralmente são utilizadas em sistemas hidráulicos de máquinas móveis do ramo agrícola ou em construções e movimentação de cargas. Os filtros dessa linha promovem uma redução de até 40% do reservatório hidráulico, colaborando na redução do peso da máquina, e consequentemente, dos níveis de CO2.

Outra iniciativa sustentável da empresa foi a criação da Unidade de Eliminação de Verniz(UEV). Trata-se de um sistema que resfria o óleo para abaixo de 30°C, diminuindo sua solubilidade de maneira que os depósitos possam ser facilmente removidos por filtros adequados e evitando a troca precoce dos fluidos. Vale ressaltar que a formação de verniz também pode ter consequências graves no planeta, por exigir a troca precoce dos fluidos em máquinas hidráulicas e de lubrificação.

A tecnologia e a sustentabilidade devem ser aliadas pois, desta forma, colaboram com a ampliação considerável do repertório de possibilidades mercadológicas não só mais lucrativas, mas também fundamentais para o andamento mais saudável da indústria e da sociedade. Desta maneira, as soluções sustentáveis passam a ser mais viáveis e difundidas a saúde do planeta e para a indústria.de maneira geral no cenário industrial, o que acaba resultando em um impacto positivo para saúde do planeta e para a indústria.