15 de dezembro de 2022

Diferentemente de algumas décadas atrás, o mercado de trabalho está começando a mudar e oferecer mais oportunidades de mudança de emprego, independentemente da idade.

Para muitos, mudar de emprego ou almejar um novo começo depois dos 50 anos de idade é algo estressante, pois ainda existem preconceitos conhecidos e preocupações compreensíveis, como a troca de um emprego seguro por algo incerto e competitivo. Há, ainda, o medo do desemprego.

Porém, o mercado vem percebendo cada vez mais a importância da presença de profissionais maduros nas empresas. Aos 50 anos, o profissional ainda tem muito a aprender – e ensinar – em sua vida profissional.

Ainda vale a pena mudar de emprego aos 50+?

 

Você ainda pode ter dúvida se mudar de emprego com mais de 50 anos vale a pena, principalmente pelo cenário de 2022, um ano marcado por muitas crises, como a pandemia em curso, a guerra na Ucrânia e outros fatores.

Tudo isso faz os profissionais repensarem seu futuro, começarem a questionar a segurança de seus trabalhos e se devem procurar ativamente novas oportunidades ou adiar essa decisão.

Ao considerar essas possibilidades, é preciso ter em mente que o mercado de trabalho também está mudando e a escassez de trabalhadores qualificados está se agravando. Levando isso em conta, não é possível falar em falta de trabalhadores qualificados de um lado e não dar mais oportunidades aos funcionários com mais de 50 anos, criando-se assim uma grande oportunidade para os profissionais maduros.

Programa Silver Talents VDI-Brasil

 

Hoje, já existem muitas empresas que procuram especificamente quadros experientes, ou seja, especialistas que possam ser integrados nos processos de trabalho de forma imediata, sem necessidade de treinamento por parte da organização.. Dentre os diferenciais desses profissionais não estão apenas os muitos anos de experiência, mas também habilidades como senioridade e a capacidade de assumir responsabilidades.

Esses profissionais maduros possuem um potencial imensurável para contribuir com empresas de todos os setores devido a todas as vivências e conhecimentos adquiridos ao longo dos anos.

Como dito anteriormente, algumas empresas ainda não são receptivas com esses profissionais, baseando-se em preconceitos e alegando falta de domínio com as novas tecnologias e outros estereótipos.

Porém, a inclusão de profissionais maduros na indústria é um pilar importante da Indústria 4.0, pois traz uma nova visão de negócio agregada às experiências anteriores, que contribuem diretamente para o desenvolvimento de soluções inovadoras.

Neste contexto, a VDI-Brasil criou o Programa Silver Talents com a missão de promover a inclusão de profissionais maduros no mercado de trabalho.

A ideia é atingir o público com mais de 50 anos que deseja ingressar ou retornar ao ambiente profissional, ou até mesmo se reinventar e buscar outras ocupações e posições no mercado.

Se você tem interesse nessa iniciativa, basta fazer o seu pré-cadastro na página do programa.

Hoje, o tema de diversidade se tornou estratégico e está recebendo cada vez mais destaque pelas empresas, pois proporciona um ambiente de trabalho mais competitivo, A diversidade pode ser entendida por profissionais de todas as idades, etnias, orientações sexuais, classes sociais, gêneros, deficiência, religiões, culturas, entre outros pontos.

A VDI-Brasil trabalha essa frente no Cluster “Inclusão e Diversidade”, que busca, justamente, a diversidade de ideias para gerar inovação na engenharia, e a criação do Programa Silver Talents vai contribuir ainda mais nesse sentido.