A implementação de práticas da Indústria 4.0 está se consolidando nas empresas ao redor do mundo. Como precursora dessa nova fase, a VDI possui um papel importante no processo de transformação digital e de gestão. Na Alemanha, mais de 12 mil membros da VDI trabalham ativamente na elaboração de novas diretrizes que apresentam, detalhadamente, as melhores práticas para que o processo de transição seja bem-sucedido.

Dentro do contexto de Indústria 4.0 existem diversos fatores que demandam estudos aprofundados e que são essenciais para tornar a fábrica mais produtiva e ter uma visão holística do que acontece em cada área. Um desses pontos, certamente, é a utilização e a posição de um Manufacturing Execution System (MES) em uma futura infraestrutura de TI na fabricação industrial.

Nesse contexto, a VDI Society for Product and Process Design (VDI-GPP), uma sociedade dividida em oito departamentos diferentes, que agrupam o conhecimento de cerca de 1.000 especialistas voluntários da VDI em 65 comitês, está trabalhando em um grupo com profissionais interessados para lidar com assuntos ligados ao MES.

O comitê participará ativamente do intercâmbio de experiências e ideias e, quando apropriado, trabalhará em uma planilha de políticas ampliada. Isso inclui o design de produtos e processos, bem como sua otimização em termos de qualidade, tempo e relação entre custo e benefício. Métodos, ferramentas e sistemas otimizados, incluindo tecnologia da informação, são o núcleo do projeto.

A discussão atual, que vê o MES como a ferramenta central para conectar o chão de fábrica (gerente de interoperabilidade) na implementação da Indústria 4.0, deve ser retomada. Nesse sentido, deve-se examinar em que medida interfaces adicionais a outros sistemas e serviços devem ser descritas e se elas, possivelmente, justificam a criação de uma nova diretriz.

O papel do MES na Indústria 4.0

Um dos pilares da Indústria 4.0 é a implementação de tecnologias para um entendimento completo de cada elemento presente no chão de fábrica. O MES tem a função de reunir todas informações referentes à produtividade, ao funcionamento das máquinas, ao status dos equipamentos e a outros dados relacionados à produção em tempo real.

A coleta de dados de diferentes dispositivos exige a utilização de um software com interface simplificada para acessar as informações de maneira intuitiva e de qualquer parte do mundo utilizando celular, tablet e notebook.

O MES possibilita uma comunicação vertical, conectando o chão de fábrica à gestão e vice-versa, de maneira que todos os membros da produção, gerência ou diretoria fiquem cientes do que está acontecendo na área operacional. Os primeiros resultados são sentidos na confiança entre os envolvidos no processo, na flexibilidade de produtividade, na eficiência da produção, na documentação completa e na rastreabilidade e qualidade garantidas.

A implementação de um sistema MES, a médio e longo prazos, impacta positivamente na produtividade da empresa e isso é refletido nos índices de Overall Equipment Effectiveness (OEE). Em média, as empresas que utilizam ferramentas MES apresentam ganhos consideráveis em OEE já nos primeiros meses.

O Overall Equipment Effectiveness é um indicador de Eficácia Global da Máquina, que mede a disponibilidade, a performance e a qualidade dos equipamentos. Em resumo, o OEE indica o desempenho das máquinas, identificando se ela está sendo eficiente ou se está aquém de sua capacidade. Um ponto percentual de OEE pode representar de 3% a 7% no lucro líquido da empresa.

A importância das diretrizes para implementação do MES

A aplicação do MES, assim como outras ações da Indústria 4.0, necessita de um planejamento prévio que avalie o nível de maturidade digital da empresa, a linha de produção, a gestão dos processos e outros atributos presentes na fábrica.

Como maior sociedade profissional da VDI, a VDI-GPP oferece uma plataforma para discussões profissionais e cooperação – desde o estado da arte até o desenvolvimento contínuo e novas tendências, como no campo da transformação digital. O Projeto de Produtos e Processos da VDI Society considera sua tarefa agregar, apresentar de forma abrangente e desenvolver continuamente as ofertas e serviços da VDI no design de produtos e processos.

As diretrizes têm como objetivo ser uma guideline para que o processo de transição seja conduzido de maneira efetiva e gradual, identificando as melhores práticas e traçando um roadmap a ser seguido para atingir os melhores resultados.

Compartilhe isso:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin